quarta-feira, 5 de junho de 2013

Reality - A Grande Ilusão (Reality)

"Reality" dirigido por Mateo Garrone discute um tema extremamente atual, que é o desejo que muitas pessoas possuem de serem famosas. Não é de se admirar que quando se inicia um reality show, especialmente o Big Brother, pessoas se inscrevam, enviem vídeos contando suas vidas, tudo para tentar uma vaga dentro da casa, pois a ideia que esses tipos de programas passam é de glamour, riqueza e visibilidade. A pessoa que vive de maneira simples, sem questionar o meio compra esse pensamento, que na verdade é uma grande ilusão.
Na trama, Luciano (Aniello Arena) é o dono de uma peixaria e complementa o seu modesto salário com pequenos golpes que efetua ao lado de sua esposa. Um dia, ele é convencido pela sua família a concorrer o Big Brother, no entanto, a perseguição do seu sonho acaba por mudar para sempre a sua realidade. Luciano é um cara simpático e muito querido por todos, e depois que faz o teste para entrar no programa fica extremamente obcecado pela ideia de se tornar famoso e ganhar dinheiro, seus amigos e familiares dão força a ele, fazendo-o acreditar que entraria.
"Reality" possui um tom fabulesco, principalmente pelo seu início com a longa cena que uma carruagem passeia por Nápoles levando os noivos a uma mansão onde irão se casar. Essa cena mostra o quanto somos levados por aparências, dando maior virtude àqueles que estão mais bem vestidos. Nesse casamento está toda a família de Luciano, que se desconstrói logo após a festa, onde as roupas chiques são retiradas, a maquiagem e penteados são desfeitos. É como se retirassem a máscara que colocaram ao sair de casa. Outra figura interessante é Enzo, um ex-participante do Big Brother, ele inclusive faz uma aparição nesse casamento, como se fosse um alguém importante, as pessoas lhe dão valor só porque apareceu na TV. Ele fala com o público, diz sempre as mesmas palavras: Nunca desista! Os quinze minutos de fama são estendidos fazendo essas presenças em festas.
"Reality" pode ser considerado um filme surreal para alguns, mas ele tem uma forte mensagem em seu desenrolar, Luciano chega ao ridículo da situação, pensa estar sendo espionado por agentes do programa, vende sua peixaria, pois acha que ganhará dinheiro, e mesmo quando o reality começa, pensa ser o fator surpresa, aquele que entrará dias depois. Ele passa o tempo todo na frente da televisão, ri com os participantes, e enfim, enlouquece. Sua mulher acaba por deixá-lo mesmo o amando, é insuportável ficar ao seu lado, ela tenta de tudo e sua última alternativa é fazer com que ele se apegue a Deus, mas mesmo assim Luciano dá um jeito e faz o que ninguém poderia imaginar. Os minutos finais do filme é extremamente incômodo.

Em uma das brigas de Luciano e sua mulher, ela tenta abrir seus olhos e fazer com que ele pare com a obsessão, ela lhe diz: "Porque chamariam um idiota feito você?". O fato é que esses programas fazem lavagem cerebral em uma grande parte das pessoas que acreditam na magia televisiva, observe que o perfil das pessoas que entram são sempre os mesmos, e então onde Luciano se encaixaria?
Mesmo sendo um filme de comédia não consegui encontrar motivos para rir, quando dava vontade, depois de alguns segundos já notava que a cena não foi feita para isso, e sim para pensar no quanto as pessoas são manipuladas e estão sendo ridículas ao se submeterem a qualquer coisa para se tornarem famosas, ou somente para terem a comodidade de fazer a tal presença Vip, onde um bando de sem noção vangloria pessoas mais idiotas ainda.

É interessante notar que Luciano mesmo não estando na "casa" age como se estivesse. A câmera ajuda nesse ponto, os ângulos usados são os mesmos dos reality shows. Não é um filme que agrada a todos, tem um ritmo diferenciado, porém a sua proposta é fantástica e muito atual. O Big Brother reflete o pior, expõe a mesmice e aliena a população que já não pensa muito, onde seu único alívio depois de chegar de um dia de trabalho é sentar-se na frente da TV para assistir imbecilidades. É um filme que vale muito a pena para refletir, ou lembrar do quanto esses e outros tipos de programas são uma ilusão.

*Aniello Arena que interpretou Luciano está preso a mais de 18 anos por assassinato. Ele é um ex-matador da máfia e por isso cumpre prisão perpétua, Aniello começou sua carreira como ator em 2001, na prisão de Volterra, na província de Pisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...