terça-feira, 10 de abril de 2018

Terra Selvagem (Wind River)

 "Aqui, ou você sobrevive… ou você se rende".

"Terra Selvagem" (2017) dirigido pelo excelente roteirista Taylor Sheridan é um filme tenso e pesado, somos inseridos no oeste norte-americano, especificamente no estado de Wyoming, um local que possui suas próprias regras e características extremas.
Cory (Jeremy Renner), caçador de coiotes e predadores traumatizado pela morte da filha adolescente, encontra o corpo congelado de uma menina em meio ao nada e decide iniciar uma investigação sobre o crime. Ao lado dele está uma agente novata do FBI (Elizabeth Olsen) que desconhece a região.
Cory é marcado por uma tragédia familiar, quieto e solitário passa os dias tentando lidar com a dor, caçador habilidoso é contratado pelo ex-sogro para matar leões, ao chegar no local se depara com um corpo no meio da neve, ele reconhece a menina, Natalie, filha de um amigo que habita a remota área de preservação indígena americana Wind River, o FBI é contatado e Jane (Elizabeth Olsen) é enviada para investigar o assassinato. Jane é inexperiente, mas precisa se manter forte diante a um ambiente machista e hostil, porém logo entende que Cory pode ser um aliado para desvendar o mistério. São inúmeros empecilhos, desde conversar com as pessoas certas e driblar burocracias, ela tem senso de justiça acima de tudo e Cory é fundamental para que tudo caminhe para isso.
Em nenhum momento o longa cai em soluções fáceis, o roteiro é bem-estruturado e apesar de ser uma trama simples em sua essência mantém tensão o tempo todo, os personagens são interessantes, Cory é um homem silencioso e gentil, ele vê a possibilidade de vingança neste assassinato, uma maneira de amainar tanto os seus sentimentos como de seu amigo. Jane vai aos poucos se enredando na vida dele e dos demais habitantes, de início deslocada é alvo de olhares e comentários atravessados, mas se mantém firme e como única autoridade no local, e assim se desenrola até que tudo se resolva. O ambiente é de fato um personagem e uma enorme barreira para as investigações, as montanhas cobertas de neve, o clima instável, os predadores, tudo contribui para despertar a sensação de entrave.

Baseado em fatos reais o filme toca no assunto para elucidar sobre a falta de reconhecimento ao desaparecimento de mulheres indígenas em suas reservas. "Enquanto estatísticas para desaparecidos são compilados para as outras minorias, elas não existem para as mulheres índias. Ninguém sabe quantas estão desaparecidas". Não existe segurança e nem cuidado a essas reservas, nem estadual ou federal, ou seja, nada tem punição, nada se resolve e a terra se torna um local com suas próprias leis e que acoberta tragédias. Além de toda a gravidade em torno do tema, temos o embate entre homem e natureza, a sobrevivência, o senso de justiça, o desejo de vingança e o como tragédias não solucionadas afetam o ser humano, por isso quando o flashback nos revela o que aconteceu a Natalie desejamos intensamente que tudo se solucione, a dor não será eliminada, mas ameniza o sentimento de impunidade. 

"Terra Selvagem" é uma obra que mexe com os sentimentos, é incisivo na mensagem e cru na abordagem, o misto entre investigação policial, denúncia e algo de western dá o diferencial. É cruel e devastador, mas ainda possui sua camada de sensibilidade. Filmaço!

Um comentário:

  1. É um belíssimo filme.

    A narrativa sóbria, a história e as paisagens naturais são os destaques.

    Abraço

    ResponderExcluir

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...