quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Gemma Bovery - A Vida Imita a Arte (Gemma Bovery)

"Gemma Bovery" (2014) dirigido por Anne Fontaine (Coco Avant Chanel - 2009, Adore - 2013) é uma comédia francesa apaixonante, tanto pela sua história como pelos seus personagens, Fabrice Luchini, um dos melhores atores franceses arrebata nossos corações, justamente por nutrir um sentimento especial pelo clássico "Madame Bovary", de Gustave Flaubert.
Inspirado na graphic novel homônima de Posy Simmonds, retrata a vida de uma mulher condenada ao mesmo martírio de Emma Bovary. A inglesa Gemma Bovery (Gemma Arterton) se muda com o marido para uma pequena cidade francesa. A vida de casada a entedia. Martin Joubert (Fabrice Luchini) e sua esposa, uma mulher com uma vida muito sofrida, acabam de chegar na cidade. Eles procuram fugir do caos de Paris. Martin é padeiro, tem uma mulher depressiva e um filho que não se importa com a literatura, o que o deixa indignado. A sua pacata rotina é alterada quando conhece sua nova vizinha Gemma, um deslumbre visual e que segundo Martin carrega imensas semelhanças com sua heroína favorita, e conforme se dá os acontecimentos ele começa a intervir em sua vida com receio de que ela tenha o mesmo fim.
A trama tem contornos sofisticados, mas sempre com um bom humor presente, a loucura de Martin encanta e a câmera explora a beleza de Gemma, que entediada com o casamento e sem muito o que fazer acaba conhecendo o jovem rico Hervé (Niels Schneider). As intervenções de Martin são engraçadas e beiram a loucura. O filme é repleto de referências ao livro e é divertido perceber cada uma, por exemplo, o jogo de palavras com os nomes dos protagonistas, ou mesmo pelo local, a Normandia e suas edificações antigas rodeadas por bosques. Os diálogos também relembram alguns trechos do livro e a aura de paixão e tragédia permeia toda a trama.
Emma é uma personagem complexa e intensa, para ela não basta as paisagens, ela quer emoções, e seu marido não lhe dá exatamente isso. Recentemente saiu mais uma adaptação do romance de Flaubert protagonizado por Mia Wasikowska, é mais uma opção para quem aprecia a obra. Essa mescla de literatura e cinema sempre dá super certo e o ator Fabrice Luchini é um expert neste assunto, vide "Pedalando com Molière" - 2013 e "Dentro da Casa" - 2012. "Gemma Bovery" é uma homenagem deliciosa e que permite ao espectador delirar junto com o padeiro Martin Joubert.

"No fundo de sua alma, ela vivia esperando um acontecimento."
Envolvente e sedutor "Gemma Bovery" é um filme para apaixonados por literatura, o amor que sentimos ao ler um livro e o quanto a leitura nos influencia, Martin obcecado pelo romance e pelas semelhanças da história com a sua vizinha começa a interpretar os acontecimentos com base no livro, talvez Gemma também estivesse influenciada por ele, já que o estava lendo. 
A melancolia e o humor andam lado a lado, o que confere um grande diferencial para a narrativa, sem dúvidas, uma bela opção para quem aprecia um bom filme francês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...