segunda-feira, 5 de maio de 2014

A Gravata (Le Noeud Cravate)

"Le Noeud Cravate" (2008) do canadense Jean-François Lévesque é uma animação elaborada em Stop-Motion e com outras personagens trabalhadas em 2D, no tradicional papel. A produção levou 2 anos para ficar pronta.
A história segue um homem solitário que trabalha em um alto prédio de escritórios. O único momento "alegre" em sua vida cinzenta é o dia de seu aniversário, do qual todo ano recebe um cartão e um presente de sua mãe, geralmente é uma gravata, mas inesperadamente ganha um acordeão. Sua vida segue indo de casa para o trabalho, do trabalho para casa, sua função é desamassar papéis com um ferro. Vários anos se passam, e um dia ele descobre o que acontece com os papéis que passa o dia todo desamassando com o maior cuidado. A descoberta o deixa triste, mas o fará dar um outro rumo a sua rotina. Aos 40 anos com seu acordeão redescobre a vida.
O curta expressa muito bem o quanto a rotina é fastidiosa, e que por causa dela perdemos a vontade de fazer coisas que gostamos, o cansaço nos toma, e comumente por um trabalho do qual somos apenas uma peça que mais tarde será descartada. Basta nós entendermos e mudar essa situação, sem medo. Por vezes a rotina vem de mansinho, se infiltra sem nem percebermos, e é perigoso que ao nos darmos conta já tenha se passado tempo demais. Mas sempre há tempo para recomeçar a ver a vida de uma outra forma, e tomar consciência de si mesmo, assim como o personagem do curta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...