sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Fever Ray - Plunge (2017)

Fever Ray voltou!!! Após 8 anos de recesso Karin Dreijer Andersson lança "Plunge", um disco menos obscuro que o anterior, o homônimo e seu magnum opus: "Fever Ray", que se configurou entre os melhores do ano de 2009. Fever Ray surgiu como um projeto solo de Karin entre os espaços de sua banda principal, The Knife. Esta sua volta pegou os admiradores de surpresa com alguns vídeos de teaser indicando o retorno, e logo o estranho clipe "To The Moon And Back" estava disponível envolto em uma aura futurista e fetichista. O disco foi todo gravado em Estocolmo, no próprio estúdio de Dreijer, com parceria dos produtores Paula Temple, Deena Abdelwahed, NÍDIA, Tami T, Peder Mannerfelt e Johannes Berglund. Mas, todo o álbum é praticamente composto pela criatividade de Karin que nos presenteia novamente com músicas imersivas dentro do gênero da música eletrônica, as nuances são diversas e passeia pelo synthpop, trip hop até ao krautrock. Diferentemente do primeiro e inesquecível trabalho, "Plunge" está inserido num universo mais aberto, menos misterioso. O caos está presente, assim como o bizarro, mas a intensidade conversa com outros elementos, é mais expressivo e tem uma abordagem libertadora, dizendo sobre amor, sociedade e sexualidade.
As onze faixas produzem uma imersão completamente inquietante e excitante, ousada e transgressora, sem deixar também a densidade de lado mesclando dor e prazer. Fever Ray retorna com uma viagem estimulante, libidinosa e futurista, um mergulho louco no bizarro, a atmosfera prende e seduz, a cada música e a cada nova ouvida descobre-se nuances e ambientes a se explorar. Imperdível. Os fãs agradecem!

Teaser


O álbum está disponível nos serviços de streaming. Os formatos vinyl e CD chegam só a 23 Fevereiro de 2018 através da Rabid Records. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...