quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Dois Dias, Uma Noite (Deux Jours, Une Nuit)

"Dois Dias, Uma Noite" (2014) dirigido por Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne (O Garoto da Bicicleta - 2011) é um filme que retrata uma mulher comum que luta para continuar em seu emprego, Marion Cotillard despida de vaidade se entrega a uma personagem frágil e que enfrenta obstáculos tanto internos como externos para dar seguimento a sua vida. Na Bélgica, Sandra (Marion Cotillard) ficou afastada do trabalho por depressão e, quando retorna, descobre que seus colegas aceitaram receber um bônus salarial no lugar de sua vaga. Agora, ela tem apenas um final de semana para fazê-los mudarem de ideia, para que ela possa manter seu emprego.
Sandra é casada com Manu (Fabrizio Rongione), tem duas filhas e é operária em uma fábrica, após uma licença médica volta ao trabalho, mas ali descobre que 14 dos seus 16 colegas votaram a favor de um bônus de mil euros anuais, ao invés de continuar com ela. Desesperada, Sandra junto com uma amiga tenta convencer o patrão a refazer a votação na segunda-feira, já que o chefe do setor teria influenciado o resultado ao dizer à equipe que se não fosse ela demitida, seria um deles. O patrão aceita o pedido e Sandra tem o final de semana para falar sobre sua situação e fazer com que votem a favor dela. Vindo de uma crise de depressão ela não se sente nada bem invadindo a vida das pessoas ao dizer que precisa de seu emprego, por vezes se sente humilhada. Como pedir a alguém que renuncie seu bônus para que ela fique?
As cenas são repetitivas, ela diz aos seus colegas as mesmas palavras, mas as reações são diferentes, uns aceitam e até choram, outros desprezam, desconversam, ou simplesmente não a atende, tem também as reações agressivas e grosseiras. A saga de Sandra para conseguir permanecer no emprego é dura, triste, mas ao mesmo tempo não podemos julgar tais reações, pois eles assim como ela necessitam do dinheiro.
Ao longo ela recebe o carinho e o incentivo do marido, mas isso não é capaz de fazê-la sentir-se melhor, nem os pontos a favor a deixam feliz, mas mesmo assim continua. Uma coisa é certa, se ela conseguir permanecer no emprego, não vai ser a mesma coisa, afinal o ambiente se tornará hostil por parte daqueles que não a queriam lá. Só que o desemprego pesa mais do que qualquer outra situação que terá que enfrentar.

"Dois Dias, Uma Noite" é um filme direto e reflexivo, mostra as estratégias do corporativismo ao fazer de seus funcionários praticamente escravos em troca de um bônus, eles aceitam receber o valor de mil euros anuais tendo a carga horária aumentada, pois Sandra iria ser mandada embora. Que vantagem há nisso? E a que ponto Sandra teve que chegar, implorar por algo que não ia beneficiá-la como ser humano, mas que apenas manteria sua subsistência e a de sua família. A perda da dignidade, a falta de solidariedade, e o individualismo é muito bem explorado no filme.
A protagonista vivida pela bela e talentosa Marion Cotillard - uma das mais importantes atrizes da atualidade - mostra-se complexa, mas comum, não há grandes dificuldades financeiras, mas é claramente humilde, assim como a maior parte da população que necessita de trabalho para sobreviver, e como também na maioria das vezes, trabalho esse que não valoriza e nem dignifica.
Todas as vezes em que ela vai ao encontro de uma pessoa para pedir que vote a favor dela é uma surpresa que nos deixa tensos e, principalmente, reflexivos.

Com o passar do tempo Sandra se esgota a ponto de não aguentar e nem ter mais esperanças, em um lapso toma um punhado de remédios, mas logo a seguir se arrepende quando uma colega bate a sua porta e diz estar com ela. É uma luta difícil e incerta, mas em nenhum momento o filme apela a vitimizando. Um ponto a se destacar é a ausência de trilha sonora, o que só faz ressaltar a profundidade do tema discutido.
"Dois Dias, Uma Noite" é simples, mas muito pertinente e realista, o fim vem com ares otimistas e com uma oportunidade de recomeço. É um filme que aborda o social de maneira honesta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...