sexta-feira, 19 de junho de 2015

Ninho de Musaranho (Musarañas)

"Musarañas" (2014) dos diretores estreantes Esteban Roel e Juanfer Andrés é uma produção de baixo orçamento espanhola que tem como produtor executivo Álex de la Iglesia (Balada do Amor e do Ódio - 2010).
Em Madri, nos anos 1950 vive Montse (Macarena Gómez), uma mulher que sofre de Agorafobia, ela cuida da irmã mais nova (Nadia de Santiago), já que a mãe morreu durante o parto e o pai abandonou as filhas. A doença de Montse faz com que ela se prenda dentro do apartamento, piorando a situação. Um dia, a relação entre as irmãs começa a mudar com a chegada de um vizinho, Carlos (Hugo Silva).
É um drama que envolve traumas, transtornos psicóticos e fanatismo religioso. A personagem Montse é uma pessoa fragilizada, mas capaz de atos exagerados por conta de sua preocupação com a irmã. Seus trejeitos e olhares, sua voz e a maneira como se esgueira é impressionante e remete ao título do filme, musarañas, em português musaranho, que são pequenos mamíferos roedores venenosos conhecidos por fazerem ninhos bem escondidos e também por serem ferozes.
O início começa mostrando flashbacks da infância das irmãs e logo acompanhamos o dia a dia delas, percebemos o quão perturbada é Montse, ela tem alucinações com o pai e não consegue sair de casa, e por isso trabalha como costureira e esporadicamente recebe algumas clientes. A irmã mais nova tem uma vida aparentemente comum, trabalha, namora, mas a preocupação de Montse a deixa desconfortável. Uma reviravolta acontece quando um vizinho cai da escada, quebra a perna e pede ajuda a Montse, ela o ajuda, mas ao invés de chamar um médico, o aprisiona, lhe dá morfina e começa alimentar sentimentos por ele, aos poucos vamos conhecendo a sua mente doentia e verdades obscuras do passado.
Pelo filme se passar todo dentro do apartamento gera um clima claustrofóbico e mantém bem a tensão, as reviravoltas também são um ponto de destaque da obra que prima pelo terror psicológico e por ótimas interpretações.

O longa conta com uma bela fotografia e uma trilha sonora assinada por Joan Valent, que ajuda bastante a criar um universo de insanidade, terror e drama. Macarena Gómez está magistral, difícil não se impressionar com a sua atuação. É um exemplar digno do cinema espanhol que tem acertado e muito no gênero atualmente.
"Musarañas" tem uma história forte, triste e retrata o quanto os traumas vividos na infância podem afetar drasticamente o ser humano. As cenas de selvageria, onde há muito sangue e loucura é um dos pontos fortes da trama. Em "Musarañas" o instinto fala mais alto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...