segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Almoço em Agosto (Pranzo di Ferragosto)

"Almoço em Agosto" (2008) é uma comédia italiana bem leve e graciosa. Gianni (Di Gregorio) é um homem de meia-idade, que mora com a mãe idosa (Di Franciscis) no mesmo condomínio, em Roma, há alguns anos. Desempregado, as contas de Gianni se acumulam, então o proprietário do apartamento lhe faz uma proposta: hospedar a mãe dele enquanto viaja durante o feriado de Ferragosto - feriado cristão comemorado na Itália -  em troca de descontos no aluguel atrasado. Gianni, relutante, concorda e além da mãe do proprietário, a tia também é enviada para casa dele. Ao saber de sua condição, o médico da família, aproveitando-se das dívidas pendentes de Gianni, pede que ele fique com sua mãe também. Subitamente, o homem assume, a contragosto, papel de babá de quatro senhoras idosas, cada uma com cuidados especiais. Gianni é um homem acomodado, com a desculpa que deve cuidar da mãe, não trabalha e vive de favores. A situação das velhinhas no apartamento, apesar de incômoda no início, cai como uma luva para o seu estado financeiro que não anda nada bem. As idosas têm suas particularidades e isso é o que torna tudo muito engraçado. Sua mãe é forte, implicante e esperta, há ainda a velhinha que quer ser jovem e chega até fugir do apartamento para beber e fumar, a tia Maria é quieta e doce, e a mãe do médico tem várias restrições e toma remédios. Diante a este cenário hilário, Gianni cozinha para todas elas, sempre acompanhado de uma boa taça de vinho branco. As velhinhas se sentem tão bem lá que ao final ficam tristes com a partida.
"Almoço em Agosto" é uma típica comédia italiana, nos é dado de presente um pouquinho dessa cultura e assim se faz um filme delicioso, despretensioso e feliz. O tema velhice é visto de forma descontraída, pois normalmente quando se chega a idade avançada o pensamento é de que já não se tem muito para dar, é apenas uma espera pela morte, mas no filme temas como sexualidade, divertimento e vaidade entram em questão e mostra que idade não é empecilho se a mente continua são e viva.
O longa dirigido por Gianni Di Gregorio abusa de cenas cotidianas e comuns, o carisma dos atores é incrível, tudo é muito sutil. Não há informações e às vezes parece que nada acontece, mas esse é o diferencial, a leveza. O riso é espontâneo, é uma comédia que não apela para exageros, simplesmente fornece olhares diante a vida de Gianni e as velhinhas.
É uma reunião encantadora em que cada uma daquelas senhoras buscam por carinho e companhia, e Gianni de certa forma proporciona isso a elas. De fato, é um filme que esbanja ternura e sorrisos, e a mensagem principal é que nos lembra que viver é preciso, e para que se preocupar afinal, se a vida passa tão rápido.

Assista ao filme comendo uma bela pasta ao forno acompanhada de um bom vinho branco, à la italiana. Assim como manda o cardápio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...